Somos uma equipa de trabalho do Agrupamento de Escolas de Castelo de Paiva formada para desenvolver um processo de Autoavaliação do Agrupamento, tendo como fim último a melhoria da atuação e dos quotidianos da nossa comunidade educativa.

.posts recentes

. Informação EAA 2013/2014

. Apresentação do Relatório...

. Plano de Melhoria - Fiche...

. Plano de Melhoria

. Círculo de Estudos - 1ª s...

. Círculo de Estudos

. Relatório da Avaliação Ex...

. Levantamento de dados

. 1º Ciclo de Seminários de...

. Apresentação oficial da E...

.arquivos

. Março 2014

. Março 2012

. Dezembro 2011

. Maio 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

Quarta-feira, 29 de Dezembro de 2010

Boas festas

O Natal já lá vai, mas ficam as boas lembranças, a árvore e o presépio que ainda resistem, as prendas, os laços e os papéis de embrulho que dão para reutilizar, os doces que sobram, os quilinhos a mais... 

 

A EAA espera que todos os seus colaboradores e visitantes deste blog tenham vivido um santo e feliz Natal!

 

 

Agora é o momento de desejar a todos um próspero 2011, com muita saúde, trabalho e dinheiro, amor e felicidade! É altura de fazer balanços do ano que passou, de refletir e de se auto-avaliar, de valorizar os pontos fortes e procurar minimizar os menos bons!

 

Que a EAA cumpra todos os seus objectivos com sucesso,

em prol da qualidade do ensino para os paivenses!

 

 

F E L I Z      2 0 1 1

 

 

publicado por eaa-avecp às 12:56
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 28 de Dezembro de 2010

Planificação do Levantamento da situação actual: Liderança e Auto-Regulação e Melhoria

publicado por eaa-avecp às 15:10
link do post | comentar | favorito
|

Planificação do levantamento da situação actual: Organização e Gestão Escolar

publicado por eaa-avecp às 15:08
link do post | comentar | favorito
|

Planificação do Levantamento da situação actual: RESULTADOS

 

publicado por eaa-avecp às 15:08
link do post | comentar | favorito
|

Planificação do Levantamento da situação actual: SERVIÇO EDUCATIVO

 

publicado por eaa-avecp às 15:07
link do post | comentar | favorito
|

Bibliografia de Referência

ALAIZ, Vítor; GÓIS, Eunice; GONÇALVES, Conceição (2003). Auto-avaliação de escolas – Pensar e Praticar. Edições ASA.

 

ALAIZ, Vítor (2007). “Auto-avaliação das escolas? Há um modelo recomendável?” In Correio da Educação n.º 301 CRIAP-ASA

 

ALVES, Maria. & CORREIA, Serafim. (2008). “O PAR – um projecto de avaliação em rede”. In A Página da Educação.

 

ALVES, Maria (2004). Currículo e Avaliação – Uma perspectiva integrada. Porto Editora.

 

AZEVEDO, Joaquim (Org.) (2002). Avaliação das escolas – Consensos e divergências. Edições ASA.

 

AZEVEDO, et al (2006). Relatório final da actividade do Grupo de Trabalho para Avaliação das Escolas. Lisboa: Ministério da Educação

 

BOLÍVAR, António (2003). Como melhorar as escolas – Estratégias e dinâmicas de melhoria das práticas educativas. Edições ASA

 

ESTEVÃO, Carlos & MACHADO, Joaquim (2001). “Escola, Autonomia e Avaliação Interna”. InJoaquim Machado (coord.) Formação e Avaliação Institucional. Braga: Lusografe.

 

FIGARI, Gérard (1993). “Para uma referencialização das práticas de avaliação dos estabelecimentos de ensino” In Avaliações em educação: novas perspectivas. Porto Editora.

 

FORMOSINHO, João (2001). “Escola e Avaliação”. In Joaquim Machado (coord.) Formação e Avaliação Institucional. Braga: Lusografe.

 

GUERRA; Miguel Santos (2001). A escola que aprende. Porto Edições ASA.

 

GUERRA, Miguel Santos 2002). “Como Num Espelho – Avaliação Qualitativa das Escolas”. In Joaquim Azevedo (Org.) Avaliação Das Escolas – Consensos e Divergências. Porto: ASA

 

GUERRA, Miguel Santos (2003). Tornar visível o quotidiano – Teoria e prática de avaliação qualitativa das escolas. Edições ASA.

 

MACHADO, Joaquim (2001). Escola e Avaliação Interna”. In Joaquim Machado (coord.) Formação e Avaliação Institucional. Braga: Lusografe.

 

MARQUES, António & SILVA, Jorge (2008). Parecer sobre “Avaliação Externa das Escolas”. Lisboa: CNE.

publicado por eaa-avecp às 15:07
link do post | comentar | favorito
|

Projecto Educativo 2010 - Áreas de Intervenção

Processo de ensino/aprendizagem

i)      Melhorar as competências básicas dos alunos em Língua Portuguesa, Matemática Ciências Experimentais e Línguas Estrangeiras;

ii)     Aumentar os níveis de participação e frequência, diminuindo os níveis de abstenção e abandono escolares;

iii)    Priorizar a melhoria dos resultados de aprendizagem nos vários ciclos, com a

correspondente redução de repetência;

iv)   Melhorar a articulação curricular, horizontal e vertical nos diferentes níveis de ensino.

 

Funcionamento do Agrupamento

i)      estimular o envolvimento dos docentes;

ii)     optimizar a utilização dos recursos existentes nas escolas.

 

 Relação Agrupamento/ Comunidade

i)      Fomentar o envolvimento das famílias e das comunidades;

ii)     Divulgar a oferta de cursos educação-formação, cursos secundários e cursos profissionais pela comunidade educativa.

 

 Formação dos membros da Comunidade Educativa

i)      Organizar acções de formação para o pessoal docente e não docente que respondam às necessidades prioritárias do Agrupamento.

 

Modo contínuo e sistemático, a valorização das seguintes dimensões,

  • Educação para a Cidadania
  • Educação para a promoção dos Direitos Humanos e das Crianças
  • Educação para a protecção do ambiente
  • Promoção das Ciências Experimentais e Tecnologia
  • Educação para a Saúde e Sexualidade
  • Promoção do gosto pela leitura e pelo prazer de aprender línguas
  • Educação pelas Artes
  • Promoção da Alimentação saudável e do exercício físico
  • Promoção do gosto pelo cálculo.
  • Promoção das Tecnologias de Informação e Comunicação
publicado por eaa-avecp às 15:02
link do post | comentar | favorito
|

Projecto Educativo - Áreas Problemáticas

Pontos fortes:

  • A percentagem elevada de sucesso escolar no 1º e 2º ciclo de escolaridade;
  • O forte empenho do pessoal docente e pessoal não docente na superação de problemas e constrangimentos;
  • As boas relações interpessoais, professor/aluno/professor fomentadoras de uma acção educativa favorável;
  • A imagem positiva da escola quanto à segurança, desempenho dos serviços e o clima organizacional.

 

Aspectos a melhorar:

  • A percentagem elevada de insucesso escolar, em especial no 3º ciclo de escolaridade;
  •  A escassa participação dos docentes nos órgãos de gestão intermédia e o pouco contributo para a tomada de decisão;
  • Situações de algum abandono mais constantes nos cursos de educação formação e cursos profissionais;
  • Insuficientes condições de trabalho, falta de gabinetes de trabalho para alunos e professores e de salas de apoio para os alunos, que condicionam a preparação de aulas e a formação contínua; falta de salas para a realização da acção educativa e escassez de equipamento informático e respectiva manutenção;
  • Insuficiente número de professores de apoio educativo;
  • Insuficiente número de assistentes operacionais.

 

Potencialidades:

  • A boa imagem que os docentes têm dos alunos;
  • O elevado número de alunos que pretende prosseguir estudos de nível superior;
  •  A boa percepção que os alunos têm de si mesmos;
  • A boa imagem que os alunos têm da escola;
  • A forte expectativa dos pais/encarregados de educação quanto ao prosseguimento de estudos de nível superior pelos seus educandos.
  • A percepção dos alunos quanto à intervenção do Agrupamento ao nível das metas do projecto educativo que deverá realçar:

(i)       a preparação para o prosseguimento de estudos,

(ii)       a promoção da qualidade das aprendizagens,

(iii)      a cidadania e valores cívicos e

(iv)      a prevenção e diminuição do abandono escolar.

  • A opinião dos pais e encarregados de educação que referem, como primeira prioridade do Agrupamento a preparação para o prosseguimento dos estudos, logo seguida de uma boa Formação Profissional e promoção da Qualidade das Aprendizagens.

 

Constrangimentos:

  • Alguma insatisfação dos alunos do ensino secundário relativamente aos horários;
  • O elevado número de docentes contratados e que leccionam há pouco tempo no Agrupamento;
  • Os baixos níveis de escolaridade dos pais/encarregados de educação contribuem para a falta de cooperação na realização dos trabalhos e acompanhamento das actividades escolares dos educandos.
  • Relações interpessoais marcadas por algum alheamento dos princípios da cidadania.

 

Áreas problemáticas

  • Percentagem significativa de insucesso escolar, nomeadamente nas disciplinas de Matemática, Línguas Estrangeiras e Português do 3º ciclo
  • Persistência de algum abandono escolar
  • Níveis de proficiência pouco satisfatórios:

           - na comunicação oral e escrita a Língua Portuguesa

           - na disciplina de Matemática

           - no uso das Línguas Estrangeiras

           - Ciência Físico-química A

           - Biologia e Geologia

  • Fragilidades na articulação curricular entre os diferentes ciclos;
  • Níveis de comportamento nem sempre satisfatórios, designadamente em algumas turmas dos 2º e 3º ciclos de escolaridade, que, concomitantemente, apresentam resultados escolares, igualmente, pouco satisfatórios.
publicado por eaa-avecp às 14:52
link do post | comentar | favorito
|

Projecto Educativo 2010 - Avaliação

Avaliação Quantitativa (Tratamento da análise de dados estatísticos):

  • Taxas de transição por ano de escolaridade.
  •  Níveis de transição por ciclo.
  •  Taxas de abandono.
  •  Níveis de assiduidade.
  •  Taxas de frequência da BE/CRE.
  •  Número de processos disciplinares.
  •  Nível de participação dos Pais/EE na vida escolar.
  •  Níveis de participação em projectos/actividades.
  •  Número de acções de formação
  •  Análise de actas do Conselho Pedagógico, dos conselhos de turma, dos conselhos de ano, dos departamentos ou de secção e de outros órgãos de administração e gestão.

 

Avaliação Qualitativa

(análise e reflexão da eficácia das estratégias adoptadas):

  •  Relatórios de estruturas intermédias.
  •  Relatórios da concretização das actividades do Plano Anual de Actividades.
  •  Pautas e actas.
  •  Registos de assiduidade/abandono escolar.
  •  Participações de carácter disciplinar
  •  Inquéritos/questionários/entrevistas
publicado por eaa-avecp às 14:50
link do post | comentar | favorito
|

Projecto Educativo 2010 - Metas Educativas

Processo de ensino/aprendizagem

1- Aumentar em 10% ao ano, no triénio 2010/2013, o sucesso escolar dos alunos de modo a ajustar as metas do Agrupamento às metas nacionais.

1.1 Nos anos em que o sucesso é superior às metas nacionais o agrupamento deve assegurar a estabilidade de resultados ou a sua melhoria apontando aumentar em 5% o sucesso escolar final.

2- Aumentar, progressivamente, as taxas de frequência de educação pré-escolar.

3- Diminuir ou eliminar as taxas de saída precoce do sistema de ensino.

4- Assegurar a permanência no sistema de todos os jovens até aos 18 anos, garantindo o cumprimento da escolaridade obrigatória de 12 anos.

5- Aumentar os níveis de proficiência ao nível da Língua Portuguesa, Matemática e Línguas Estrangeiras.

6- Incrementar de forma significativa a literacia, nas suas diversas dimensões.

7- Aumentar a taxa de conclusão do Ensino Secundário.

8- Fomentar a articulação curricular, horizontal e vertical, entre os diferentes ciclos.

9- Alargar a oferta educativa e formativa no âmbito dos cursos profissionais de modo a aumentar as taxas de escolarização ao nível secundário.

10- Desenvolver nos alunos atitudes de auto-estima, respeito mútuo e regras de convivência que contribuam para a sua educação como cidadãos tolerantes, autónomos, organizados e civicamente responsáveis.

 

Funcionamento do Agrupamento

1- Criar uma unidade funcional ajustada às diversas escolas do Agrupamento.

2- Criar um Projecto de Autoavaliação do Agrupamento referente às áreas e metas do Projecto Educativo.

3- Rentabilizar a utilização dos recursos existentes nas escolas.

 

Relação Agrupamento/Comunidade

1- Implicar as parcerias na resolução de problemas.

2- Alargar os níveis de participação dos pais/encarregados de educação em 5%.

 

Formação dos membros da Comunidade Educativa

1- Organizar, em articulação com o Centro de Formação de Terras de Santa Maria, acções de formação para o pessoal docente e não docente.

publicado por eaa-avecp às 14:50
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds